/* /* /* Bananada de Goiaba

Bananada de Goiaba

PEQUENOS REGISTOS PARA os meus amigos, que nunca sabem nada de mim... e sei lá eu se com ISTO vão saber mais, ou melhor!
 

Confessionario ou nao!

terça-feira, agosto 24, 2004

(atenção que este vai ser um post muiitooo longo!)

SIM! O que é a amizade!

Questiono-me, não sempre, mas hoje, mais uma vez, depois de ter sido sentada pela milesima vez, no banco dos reus!
Que felicidade teria a minha ex-amiga do coração, se tal podesse existir:
um Tribunal que julgasse o mau amigos!
Perfeito!

Culpada ou Inocênte? Martelaria o juiz a favor de um resultado!

A vitima estaria com o indicador, pronto a disparar contra mim: está armada em coitadinha!!!

- Coitadinha, não! Culpada fica-me melhor! Coitadinha não condiz muito bem comigo!
Uma questão de sangue, como te disse!

Pois bem, eu consigo contar os remorsos que tenho, de coisas que fiz durante estes 37 anos.

O 1º de todos é uma atitude cruel da minha parte quando eu tinha +/- 5/6 anos.
Foi no Colégio das madres, em Luanda.
Estavamos a fazer um exame qualquer naquelas folhas azuis de 25 linhas, dobrada no lado esquerdo.
Na altura só podiamos escrever com caneta de tinta permanente. Tudo o que faziamos no rascunho teria de ser passado para a folha azul com o maior dos rigores.
Eu tinha um daqueles estojos, na altura super modernos, que o meu pai me trouxera da metropole quando foi fazer a cobertura das 24 horas de LeMã (não sei como se escreve).
As carteiras eram grandes e individuais. Daquelas em madeira escura com o tampo inclinado como um estirador.
Ao meu lado tinha uma menina, igual a mim, de bata branca, mas não tinha uma régua. Pediu a minha emprestada.
Eu tive a crueldade e a frieza de dizer NÃO!

Nunca, mas nunca mais me hei-de esquecer como me doeu o gesto dela pegar numa caneta, poisa-la cuidadosamente na folha, e fazer dela uma régua.

Tenho remorsos, sim!
O Sr. Juiz ou o Comedor de pecados, Sim! Podem-me condenar por isto.

O 2º foi não ter tido força para lutar contra a depressão pós-parto que tive da Mafaldinha!
O Sr. Juiz ou o Comedor de pecados, Sim! Podem-me condenar por isto.

Depois, há uns assim pequenininhos. São mais que muitos mas jamais terão a importância destes dois que assumo Mia Culpa!

Isto tudo porque me sentei involuntáriamente no banco dos reus!
Isto tudo para falar sobre a amizade…!
Serei eu uma pessoa digna de tal sentimento?
Serei eu uma amiga de verdade?

Venha, oh Sr. Comedor de Pecados, venha, oh Sr. Juíz, dizer de sua justiça PORQUE EU NÃO SOU CAPAZ!!!


Ops, acho que acabo de me candidatar á prisão prepétua!

***
 

"Que dias há¡
que na alma me tem posto
Um não sei quê,
que nasce não sei onde
vem não sei como
e dói não sei porquê."

(Luis Vaz de Camões)

plosanimais
Na minha vida REAL...

 

"A realidade é um detalhe,
  Pra quem sonha ela é um desafio.

 

... fica para depois!

neste momento não consigo ler mai nada!!!

 

Existem, e tenho que ler...
No baú

@ Correio