/* /* /* Bananada de Goiaba

Bananada de Goiaba

PEQUENOS REGISTOS PARA os meus amigos, que nunca sabem nada de mim... e sei lá eu se com ISTO vão saber mais, ou melhor!
 

Continuação da estória do Elf

segunda-feira, março 07, 2005

- E não me irritem que demoro muito tempo a contar uma estória.
Já chega as Donas Monstras queixarem-se do mesmo!


Um parentesis:
vocês seriam todas umas queridas e uns queridos se me enviassem uma sms com os vossos nºs de telefone para o meu. A operadora enviou-me uma 2ª via do cartão, por isso o nº é o mesmo! Obrigada.

---------------------
Agora a estória


… no episódio anterior …

O Elf vence o seu lado mais selvagem…
… consegue finalmente, passar da fase do grunhido para a fase do “onde posso arranjar umas cuecas”.
… o milagre aconteceu! Eu tirei partido das maravilhas informáticas que o Elf faz para os alemães…


… neste episódio …

O Elf encontra a melhor forma de receber o pagamento da tal dedicação.
Cenário: Fnac
Dia: 6ªf á hora de jantar
Estado de espirito: euforismo total

Conclusão: saiu o metal Gear Solid não-sei-das-quantas!!!

Uauuu!!! Iupi Iupii Iupiii! Sou um gajo tão feliz!

A minha divida está paga.
Dormi o fim de semana inteirinho SÓZINHA!
Eu já sabia que ia pagar com o corpinho!
Ali fiquei eu, sem dó nem piedade, abandonada, a defenhar de frio, a morrer gelada!

Eu sei que os seus préstimos são bem caros!
A própria mãezinha biológica já me tinha avisado, mas como sempre, eu não ouvi!!!

… ai! Que me doi tanto o corpo!!!



No próximo e último episódio:

As tentativas de persuadir o Elf, que está á 3 dias no sofá, agarrado ao jogo da PS2…
… oohhh!!! Foi sem querer qua a PS caiu…
... partiu-se?...
... Oh que chatice! Como é que terá acontecido???

***
 

"Que dias há¡
que na alma me tem posto
Um não sei quê,
que nasce não sei onde
vem não sei como
e dói não sei porquê."

(Luis Vaz de Camões)

plosanimais
Na minha vida REAL...

 

"A realidade é um detalhe,
  Pra quem sonha ela é um desafio.

 

... fica para depois!

neste momento não consigo ler mai nada!!!

 

Existem, e tenho que ler...
No baú

@ Correio