/* /* /* Bananada de Goiaba

Bananada de Goiaba

PEQUENOS REGISTOS PARA os meus amigos, que nunca sabem nada de mim... e sei lá eu se com ISTO vão saber mais, ou melhor!
 

Será possivel que esteja QUASE TUDO na mesma?

terça-feira, março 14, 2006


eu, as miudas, o marinho, os bichos e eu...
Quinta-feira, Maio 27, 2004
os meus pensamentos baseiam-se quase todos em enumeros possiveis posts para o meu blog, mas como já o escrevi aqui várias vezes, quando abro isto parece que abro uma janela dentro de mim e, numa corrente de ar, vôa tudo!(um dia, voo eu também!)
hoje vou escrever sobre as miudas (ainda doi os remorsos de ontem!)
Ao fim do dia, foi o pai que as foi buscar á casa da avó! (...)
Quando estou zangada, não falo! Se estou zangada com o Márinho, não falo com ele...
se estou zangada com os meus colegas, com o meu trabalho, não falo com ninguém...
se estou zangada com as minhas amigas(os) irmãos e afins, simplesmente não falo!!!
O resultado é sempre dramatico para as miudas, porque acabam por serem elas a levar com as minhas palavras no máximo do meu volume! Sou de uma cobardia incomparável...
Quando elas chegaram, como ainda estava com o humor ferido, a 1ª pergunta foi inevitavelmente para a Mafalda:
- já te passou a birrinha?
- ...qual birra? - respondeu ela.
- a tua birra de bébé de 11 anos por causa dos ténis com cócó....
- ... bah... gracinha!
Calei-me! Estou cansada de lhe pedir para não reagir assim, para não falar assim, com voz de choro, para não fazer aquelas birras de criancinha mal educada! Tenho muito esta mania de dizer constantemente: "desde quando é que EU tenho filhas mal educadas????"
Não queria cansa-la mais! Gostava tanto que ela tivesse uma auto estima elevada e um ego do tamanho do mundo! Ás vezes sinto-me culpada por ela ser assim tão fraca...
Eu acho que ela sente isto e como de burrinha não tem nada, escolhe sempre estas alturas que pareço mais fragilizada para me cobrar:
- mãe, podes-me ler uma história para eu adormecer? Foi buscar um livro pequenino azul, da Sofia de Melo Breyner, "a menina do mar", e eu, lá comecei a ler! Adormeceu feliz (acho eu) ao final da 4ª pág.
Hoje de manhã foi a 1ª coisa que me perguntou:
- marcaste até onde leste?
- sim, porquê?
- podes ler-me para trás porque adormeci e não me lembro da história?:o)
A Mariana é o oposto, em tudo! Até no cabelo. Com ela, o braço de ferro é outro! É uma garota forte de espirito, não admite derrotas e tem um ego que chega ao céu! Está tudo chapado nos desenhos que faz. Ela é sempre o boneco maior que os outros e ao contrário da Mafalda, os desenhos dela são sempre os mais bonitos.
A Mariana gosta tanto dela que hoje de manhã foi um cabo dos trabalhos para arranjar a franja... ela experimentou pôr uma fita... ela depois trocou por dois ganchos... já muito irritada, fez risco ao lado e trancou a franja com um outro gancho grande... Desesperada disse-me:
- NÃO VOU á escola!!!!!
- ah?
- OLHA PARA ISTO, OLHA...
Levei-a até á casa de banho pequena, onde está o secador e o gel. Burrifei-lhe o cabelo com gel, peguei na escova e enrolei a franja em forma de onda. Acabou por sorrir e ir para a escola com uma testa tipo anos 40. Faltava-lhe os fios até á cintura.
Correu bem a manhã! Tão bem que, depois de cumpridas as minhas funções, resolvi tomar o pequeno almoço na esplanada lá da rua e para culminar a manhã, em vez de me vir enfiar aqui, resolvi ir para o cabeleireiro!
Merecia esta recompensa. Afinal de contas, até me portei bem!!!
***
"># publicado por Cristina em 5/27/2004 03:30:41 PM
 

"Que dias há¡
que na alma me tem posto
Um não sei quê,
que nasce não sei onde
vem não sei como
e dói não sei porquê."

(Luis Vaz de Camões)

plosanimais
Na minha vida REAL...

 

"A realidade é um detalhe,
  Pra quem sonha ela é um desafio.

 

... fica para depois!

neste momento não consigo ler mai nada!!!

 

Existem, e tenho que ler...
No baú

@ Correio